como fazer um bom perfil no linkedin

Como fazer um bom perfil no LinkedIn? Veja nossas dicas

Você sabe como fazer um bom perfil no LinkedIn? Essa é uma rede social que tem recebido cada vez mais adeptos, devido aos benefícios profissionais que pode oferecer aos seus usuários. Por esse motivo, saber como marcar presença nesse espaço é uma ótima oportunidade para a sua carreira.

Com mais de 700 milhões de usuários em todo o mundo, sendo 50 milhões deles apenas do Brasil, o LinkedIn apresentou um grande crescimento no mercado, ganhando a atenção de várias empresas e recrutadores. É por isso que um perfil atualizado nessa rede tem altas chances de fazer um bom networking, concorrer às melhores vagas do mercado e ter destaque profissional.

No entanto, para isso, é preciso saber como criar um bom resumo no LinkedIn, além de manter o perfil atualizado e engajado. Quer receber ótimas dicas para alcançar esse objetivo desde a faculdade? Então, acompanhe este post!

Qual é a importância de estar presente no LinkedIn?

A dinâmica social tem passado por diversas alterações com o período atual de digitalização. Isso faz com que o ambiente virtual tenha cada vez mais relevância para variados aspectos da vida de um indivíduo, e não poderia ser diferente quando o assunto é crescimento de carreira.

Nesse contexto, construir uma boa imagem em redes sociais profissionais se torna importante. E é aí que entra a necessidade de estar presente no LinkedIn, principalmente, no início da carreira.

É nesse local que você pode destacar as suas qualidades profissionais, relatar as suas mais variadas experiências, mostrar que está à disposição para aprender e se desenvolver, além de conquistar os olhares dos recrutadores.

Em outras palavras, o LinkedIn é uma forma alternativa de apresentar um currículo atraente para o mercado de trabalho, por meio de uma plataforma dinâmica e que conecta o seu perfil com diferentes pessoas. Não é à toa que diversos processos de seleção para novos colaboradores e estagiários contam com a análise dos candidatos nessa rede social.

Quais os benefícios de ter um bom perfil no LinkedIn desde a faculdade?

Ainda não se convenceu da importância de estar presente no LinkedIn? Então, veja alguns dos benefícios que você pode obter ao apostar nessa rede social logo no início da carreira!

Estar presente no mercado

A inserção no mercado de trabalho, principalmente, nos primeiros anos após a formação, pode ser complicada para algumas pessoas. No entanto, o LinkedIn oferece uma série de recursos para fazer com que esse processo seja o mais tranquilo possível.

Além de indicar tendências do mercado, a rede social entrega conteúdos de profissionais que estão em alta, sendo possível se aproximar e conhecer melhor o segmento no qual você tem interesse. Oportunidades como essas, fora do ambiente virtual, podem ser muito raras.

Ter uma maior visibilidade

Outro ponto positivo é a chance de se apresentar como um profissional de qualidade para o mercado. Afinal, você também pode produzir conteúdos relevantes nesse espaço, que podem chegar às mais variadas pessoas.

Inclusive, é se tornando mais visível aos olhos de outros profissionais que você consegue estabelecer um bom networking. Isso, por sua vez, oferece ótimas oportunidades de indicações, parcerias e troca de experiências.

Manter-se por dentro das novidades

No LinkedIn, é possível encontrar diversos tipos de postagens, como conteúdos motivacionais, experiências de outras pessoas, notícias e divulgação de oportunidades de emprego. Sendo assim, nesse espaço, você consegue ficar por dentro do que está acontecendo no seu nicho de atuação.

É por isso que muitos profissionais descobrem propostas de estágio, vagas de emprego e oportunidades de parcerias dentro do LinkedIn. Além do mais, essas informações, muitas vezes, podem estar inseridas exclusivamente dentro dessa rede social. Assim, ficar por fora desse ambiente pode gerar algumas desvantagens.

Quais são os erros mais comuns ao criar um perfil no LinkedIn?

No entanto, como você viu, para aproveitar esses benefícios, é preciso saber como fazer um bom perfil no LinkedIn. Por essa razão, o primeiro passo é entender o que não deve ser feito durante esse processo.

A seguir, confira os erros que muitos profissionais cometem ao criar um perfil no LinkedIn e saiba como fugir deles:

  • confundir o perfil profissional com o pessoal — falar sobre você é importante, desde que não haja exageros e que o compartilhamento de informações pessoais ajudem a evidenciar as suas qualidades de carreira;
  • não criar conexões — é por meio do contato com outras pessoas que você cria uma rede sólida e repleta de oportunidades;
  • exagerar na quantidade de postagens — um perfil sucinto, mas com conteúdos de qualidade, vai atrair muito mais a atenção de recrutadores;
  • não completar o perfil — a rede social solicita um conjunto de informações que ajudam a deixar o seu perfil forte e atrativo;
  • errar na foto de perfil — encontrar o meio-termo entre profissionalidade e uma imagem de qualidade também é importante.

Afinal, como fazer um bom perfil no LinkedIn?

Agora que você já sabe quais erros não cometer, chegou a hora de entender o que fazer para acertar no seu perfil no LinkedIn. Veja só as nossas dicas!

Capriche na foto do perfil

O primeiro passo é escolher uma fotografia que mostre como você está atualmente. Isso vai facilitar muito em etapas de processos seletivos, como a entrevista de emprego. No entanto, é importante evitar poses muito sérias.

Sendo assim, escolha uma foto que mostre todo o seu rosto, sem óculos escuros ou chapéus. Dê preferência por expressões faciais amigáveis, mas que não sejam muito descontraídas. Assim, é possível manter uma imagem profissional, porém, sem exagero de formalidade.

Faça um bom resumo

Depois da imagem, a primeira coisa que os visitantes do seu perfil vão olhar é o resumo. Desse modo, é ali que devem estar as suas informações mais relevantes. Mostre o que você pretende realizar no mercado de trabalho e as experiências pelas quais já passou.

Um texto sucinto, seguindo as regras gramaticais, e cativante é a melhor opção. Essa é a oportunidade de fazer um marketing pessoal, apresentando as suas habilidades profissionais aos possíveis recrutadores.

Utilize palavras-chave

O uso de palavras-chave relacionadas à sua área de atuação ajuda a alavancar o seu perfil e fazer com que o alcance seja maior. Inclusive, é uma boa estratégia para atrair conexões com o mesmo interesse.

Por exemplo, se a sua especialidade é RH, é possível destacar essa informação logo abaixo do seu nome. É só editar o seu perfil e utilizar palavras-chave como “Gestor(a) de Recursos Humanos” na parte “Título”.

Por que isso é importante? Imagine que alguém use a ferramenta de pesquisa do LinkedIn em busca de profissionais com experiência e conhecimentos em determinada área. Ao utilizar palavras-chave relacionadas a essa atuação, o seu perfil tem mais chances de aparecer como sugestão para novas conexões.

Mantenha o perfil atualizado

Por fim, é importante continuar alimentando o seu perfil. Atualizar com os novos cursos e experiências — inclusive, as de voluntariado — é importante para mostrar que você está sempre em busca de aperfeiçoamento e para se manter em alta no mercado.

Vale a pena ressaltar que na própria plataforma é possível realizar cursos e testes, sobre as mais variadas atuações. Assim, você obtém certificados para as competências mencionadas, mostrando que realmente apresenta esse diferencial.

Aproveite o campo de capacitações para destacar as suas habilidades. Além disso, mantenha sempre em dia as informações de contato, para caso algum profissional interessado queira se comunicar com você.

Como fazer um networking por meio dessa rede social?

Viu só como o LinkedIn pode ser uma ótima ferramenta para a sua carreira? O principal motivo é o potencial de criar um bom networking nessa ferramenta. Afinal, é possível estabelecer contato com profissionais das mais variadas regiões e com interesses em comum.

Para caprichar no networking, nada melhor que adicionar apenas profissionais ligados à sua área de atuação. Assim, o algoritmo recomenda o seu perfil para mais pessoas com interesses parecidos, e é possível fazer conexões mais produtivas.

Agora que você já sabe como fazer um bom perfil no LinkedIn, comece a caprichar no seu networking. Além disso, aproveite essas dicas como um guia de carreira para dar os primeiros passos para o sucesso. Lembre-se: quanto mais cedo você investir no seu desenvolvimento profissional, maiores as chances de se destacar no mercado.

Gostou das dicas? Então, assine a nossa newsletter para continuar acompanhando as nossas novidades!

Compartilhe!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Receba conteúdos exclusivos diretamente no seu e-mail!

Diga o que está em sua mente

Seu endereço de e-mail não será publicado.