como-fazer-um-bom-curriculo

Como fazer um bom currículo? Veja 7 dicas para chamar a atenção!

Levando em consideração que o mercado de trabalho está cada vez mais disputado, é preciso fazer de tudo para se destacar! E nada melhor do que um cartão de visitas de qualidade para chamar a atenção de recrutadores, não é mesmo? Mas, afinal, como fazer um bom currículo? Você sabe como destacar as suas habilidades e experiências?

Conseguir apresentar essas informações de uma forma simples e eficiente pode ser suficiente para abrir uma série de oportunidades no mercado de trabalho. Assim, você ganha a chance de se apresentar melhor para as empresas e conseguir alcançar todos os seus objetivos e metas profissionais.

Mas quais são os critérios que devem ser usados ao montar o documento? Continue a leitura deste artigo e saiba como fazer um bom currículo!

1. Escolha o formato ideal para sua área de atuação

A primeira dica é entender qual é o cenário em que você se encontra. Ou seja, qual é a sua área de atuação? Por mais que alguns elementos sejam padronizados, é importante identificar quais são os critérios mais valorizados ou, até mesmo, o formato dentro desse mercado.

Um designer, por exemplo, além de destacar as suas habilidades com a descrição das experiências, pode fazer uma demonstração com um layout de qualidade. Enquanto isso, outras áreas não se interessam tanto pelo formato e se preocupam mais com a qualidade e a disposição das informações.

Dessa forma, a melhor alternativa é buscar referências de colegas que também atuem no setor. Procure um pouco mais de inspiração para acertar em cheio na hora de criar o seu próprio currículo.

2. Selecione informações realmente relevantes para a vaga

Agora que você já definiu como vai apresentar a sua experiência profissional, é o momento de escolher quais são as informações que devem ser exibidas. Afinal, nem tudo o que você já fez na carreira precisa ser mostrado ali.

É necessário filtrar os dados que realmente podem ser úteis para conseguir aquela vaga. Alguém que já fez uma mudança de área de atuação, por exemplo, pode destacar experiências focadas para esse setor.

Para uma vaga de gestão, o que vai ser avaliado pelos recrutadores é a capacidade de liderar equipes e conseguir bons resultados no comando, certo? O currículo pode ser pensado para destacar essas informações, dando mais ênfase aos momentos em que você assumiu essa posição. Mesmo que tenha acontecido algum tempo atrás, pode acabar se tornando mais valioso.

Alguém que vai assumir um cargo acadêmico, por exemplo, precisa destacar informações do seu bacharelado ou licenciatura? A segunda opção se torna muito mais importante para conseguir essa vaga.

3. Atenção à organização das informações

A forma como as informações selecionadas vão ser exibidas também é essencial para fazer um bom currículo. O ideal é que elas sigam um mesmo padrão para facilitar a leitura de quem está conhecendo você pela primeira vez. Suas experiências podem ser excelentes, mas a desorganização na hora de apresentá-las para os recrutadores pode fechar uma oportunidade para a sua carreira.

Não deixe que informações menos relevantes para uma vaga específica se tornem mais chamativas do que aquelas que os recrutadores estão procurando. A forma como esses dados são exibidos, portanto, é essencial para encontrar empregos que pagam bem.

4. Seja objetivo na hora de escrever

Outro ponto que precisa ser valorizado quando se fala em como fazer um bom currículo é a objetividade. Lembre-se de que você tem um espaço limitado para se comunicar com quem está lendo aquele documento. Por mais que você tenha várias experiências e habilidades, o mais importante é apresentar a essência de cada uma delas, já que os recrutadores vão poder se aprofundar mais em outras etapas do processo seletivo.

Sendo assim, não faça muitos rodeios, foque naquilo que realmente importa dentro das suas muitas experiências. Lembra-se da dica número 2? As informações relevantes para cada vaga já vão ajudar você a reduzir o conteúdo do seu currículo, deixando ele mais simples e menos cansativo, concentrando-se no que realmente importa para chamar a atenção dos recrutadores.

5. Saiba valorizar sua trajetória

Atenção: ser objetivo não significa desvalorizar o seu histórico profissional. É preciso utilizar aquelas poucas linhas para enaltecer a sua trajetória, mostrar quais são as suas habilidades e como o seu conhecimento e experiência podem contribuir para aquela empresa. Trabalhe a sua memória e pense em como a sua experiência pode ser ressaltada.

6. Avalie a necessidade da foto

O uso de fotos no seu currículo é uma das dúvidas mais comuns quando alguém está preparando o documento. No Brasil, a imagem anexada não é uma prática tão comum, o que torna a utilização da foto opcional.

O mais recomendado, inclusive, é nem mesmo utilizar esse recurso na construção do documento. Mas algumas empresas ou vagas acabam solicitando uma foto. Caso essa seja a situação, é preciso cautela na hora de colocar a imagem.

Lembre-se de que é uma oportunidade profissional e, por isso, a imagem precisa retratar essa seriedade. Selfies e poses mais descoladas, por exemplo, devem ser descartadas: o ideal é seguir o padrão das tradicionais fotos 3×4, com uma combinação de roupas pouco chamativa, mas podendo ter um sorriso para dar um toque mais natural.

7. Revise quantas vezes precisar

Por fim, é importante entender que o currículo é um documento que precisa passar por constantes atualizações, seja por um novo projeto que você realizou nos últimos meses, seja para encontrar uma forma melhor de se comunicar. Enfim, é fundamental que, de tempos em tempos, o documento seja revisto, sempre adequando o material aos objetivos e necessidades de cada vaga.

Saber como fazer um bom currículo é essencial para quem quer se destacar no mercado de trabalho. Afinal, trata-se de um cartão de visitas, que pode chamar a atenção de recrutadores e abrir uma série de oportunidades para apresentar mais sobre as suas habilidades e experiências e, quem sabe, conquistar a vaga.

Agora que você já sabe como fazer um bom currículo, o que acha de seguir por dentro de outras dicas que podem ser úteis para o seu sucesso profissional? Então, é só assinar a nossa newsletter para receber outros conteúdos como este, diretamente na sua caixa de entrada do e-mail!

Compartilhe!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Receba conteúdos exclusivos diretamente no seu e-mail!

Diga o que está em sua mente

Seu endereço de e-mail não será publicado.