faculdade digital

Saiba como avaliar uma faculdade digital em 6 critérios

O mundo e o cotidiano da sociedade se tornaram mais imediatistas por conta das ferramentas online. Isso significa que muitas coisas podem ser feitas com o auxílio da internet, inclusive a faculdade digital. Trata-se de uma modalidade educacional que oferece a oportunidade de estudo por meio de plataformas de ensino. 

Nesse sentido, as aulas e o suporte às dúvidas e às avaliações, em alguns casos, são completamente realizados pela rede mundial de computadores.

Esse é um modo de aprendizado muito vantajoso para quem busca uma graduação, mas não tem tempo disponível para frequentar as aulas presenciais. Por isso, a universidade online tem se tornado cada vez mais procurada e muitas instituições educacionais têm investido nessa alternativa.

Está pensando seriamente em fazer uma faculdade digital, mas deseja avaliar alguns critérios antes de tomar uma boa decisão? Então, as dicas e recomendações deste conteúdo podem ajudar. Confira!

O que é uma faculdade digital?

Corresponde a uma modalidade de ensino superior totalmente online, também conhecida como ensino a distância (EAD). É uma opção educacional devidamente reconhecida pelo MEC, que permite que os estudam concluam a graduação por meio de recursos digitais.

Os processos seletivos variam de acordo com a universidade escolhida. Existem seleções por meio da aceitação da nota do Enem, provas de vestibular ou da análise do histórico escolar — no caso de transferência ou segunda graduação. Além disso, o ProUni beneficia da mesma forma os estudantes matriculados em cursos digitais para a disponibilização de bolsas de estudos.

Há ainda a opção semipresencial que corresponde a uma combinação de matérias online e presenciais, mas com uma necessidade de frequência mais reduzida do que a observada nos cursos convencionais.

Quando necessário, as atividades presenciais da modalidade digital são realizadas em polos, ou seja, em ambientes próprios para o desenvolvimento das obrigações pedagógicas relacionadas ao curso escolhido. Nesses locais são feitas as atividades de tutoria e as avaliações de conclusão. Ainda, é onde ficam a biblioteca e os laboratórios.

Como é uma boa faculdade digital?

Uma instituição de ensino exemplar deve cumprir alguns critérios importantes que beneficiam o aluno durante todo o período de estudos. Veja os 6 critérios que é preciso considerar para fazer a melhor escolha.

1. Verifique se o curso é reconhecido pelo MEC

Já pensou fazer uma faculdade e, ao final, descobrir que o diploma não é reconhecido pelo Ministério da Educação? Antes de entrar em uma universidade online — presenciais ou semipresenciais — é essencial saber se o curso desejado está credenciado junto ao MEC. A modalidade superior tecnológica, que dura em média de 4 a 6 semestres, também deve ser regulamentada pelo órgão educacional do Governo.

2. Pesquise sobre a instituição

É necessário conhecer muito bem a universidade em que fará o curso na modalidade digital. Não somente os diferenciais do curso, mas a infraestrutura da instituição e os canais de contato oferecidos — se de fato são eficientes.

Afinal, quando o estudo começar, serão alguns anos em comunicação com esse ambiente educacional. Seria desagradável passar todo esse tempo vivenciando falhas recorrentes, tanto administrativas quanto acadêmicas. Para tirar a prova, pesquise na internet para ter a certeza de que a faculdade escolhida entregará uma experiência de qualidade.

3. Fale com quem já fez o curso

O momento de decisão é cheio de dúvidas, independentemente de o curso ser digital, presencial ou híbrido. Nesse caso, falar com pessoas que já tiveram essa experiência é muito valioso. Para tanto, pergunte nas redes sociais, encontre amigos e indicações de graduados que fizeram a faculdade online.

Assim, além deles contarem sobre a experiência vivenciada nessa modalidade de ensino, será possível receber dicas para realizar uma graduação mais tranquila. Aqui, a recomendação é escutar mais de uma opinião para ter uma boa base.

4. Avalie os polos de apoio

Apesar da faculdade ser 100% online, a maioria dos cursos oferece polos de apoio aos alunos. Por isso, é importante avaliá-los para saber se o local disponibiliza uma estrutura eficiente. Veja se os recursos físicos oferecidos são de qualidade, contemplando atendimento, coordenação, laboratórios, dispositivos tecnológicos e bibliotecas.

Ainda, considere todas as informações levantadas antes de iniciar os estudos e verifique se o polo fica próximo. A propósito, se estiver à procura de faculdades em São Paulo, a Anhembi Morumbi é uma ótima sugestão.

5. Considere a tecnologia oferecida pela instituição

Mesmo que o curso seja digital, ele exige as mesmas demandas de um curso presencial. Logo, é necessário muito mais do que um computador com acesso à internet. Avalie a plataforma e as funcionalidades que a instituição oferece para o aprimoramento dos estudos.

Além disso, verifique se existem materiais virtuais de qualidade, bem como possibilidade de participar de cursos de extensão e interagir com colegas e professores. Se a universidade entregar tudo isso, já é meio caminho para fazer a melhor escolha.

6. Analise a qualidade do corpo docente

Um fator que transparece a qualidade das aulas é a formação do corpo docente. Isso porque, professores devidamente capacitados têm habilidades educacionais apuradas capazes de passar materiais e instruções úteis para o desenvolvimento profissional dos alunos. Portanto, não deixe de pesquisar a respeito disso.

Fazer faculdade digital vale a pena?

Essa modalidade de ensino é muito atrativa para diversos perfis de estudantes por conta da liberdade e da conveniência para fazer uma graduação. Conheça os diferenciais da faculdade online.

Flexibilidade

Uma das principais vantagens dos cursos digitais é a flexibilidade oferecida. Como bem sabemos, a rotina das pessoas é bastante corrida e essa alternativa de estudo permite que o aluno crie um cronograma próprio — o que elimina a obrigatoriedade de cumprir horários fixos.

Assim, é possível conferir as matérias disponíveis quando e onde quiser. O período e o local ficam a seu critério, favorecendo a criação de um cotidiano de aprendizado que pode ser adaptado à sua realidade.

Autoconhecimento

Estudar sozinho é uma ótima estratégia para desenvolver autoconhecimento. Esse domínio é essencial não só para os estudos, mas para a vida pessoal e profissional, pois potencializa a inteligência emocional e melhora as relações interpessoais para futuros empregos, por exemplo.

Não é preciso ser uma pessoa autodidata para ter sucesso, basta conhecer limitações, pontos fortes e fracos, esforçando-se para compreender os conteúdos e evitar a procrastinação.

Variedade de cursos

A presença da tecnologia na educação permitiu evoluções que eram inacreditáveis até pouco tempo atrás. Isso faz com que o ensino digital ofereça uma infinidade de cursos na modalidade online e semipresencial.

Entre eles, há sugestões relacionadas à faculdade para empreendedores — o que inclui administração, engenharia, economia, marketing etc. — e até mesmo ciências biológicas, além de licenciaturas. Existem também as pós-graduações, que são ideais para desenvolver habilidades específicas e se qualificar de acordo com as demandas do mercado de trabalho.

Então, gostou do conteúdo? Felizmente, opções de faculdade digital não faltam. Nesse sentido, é importante considerar os critérios mencionados aliando à vocação, a fim de fazer a melhor escolha. Assim, você aprenderá tudo que precisa para conquistar uma carreira profissional promissora.

Ainda não ficou convencido(a)? Então, não deixe de conferir se fazer universidade EAD vale realmente a pena.

Compartilhe!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Receba conteúdos exclusivos diretamente no seu e-mail!

Diga o que está em sua mente

Seu endereço de e-mail não será publicado.