Faculdade EAD vale a pena? Entenda como a graduação a distância pode te ajudar na sua carreira

Você já se perguntou se faculdade EAD vale a pena? Essa é uma questão comum! E o número de pessoas que descobre e se interessa por essa modalidade de ensino só cresce a cada dia.

Muita gente tem curiosidade, por exemplo, em saber se o diploma do EAD é igual ao do presencial, como a graduação pode ajudar no futuro profissional e como escolher uma boa instituição de ensino.

Pensando nisso, trouxemos um post que não só esclarece esses pontos, como também reúne dados bem interessantes sobre a formação a distância. Acompanhe e fique por dentro!

A faculdade EAD vale a pena?

Vamos começar respondendo por que a faculdade a distância vale a pena. Para isso, pontuamos quatro vantagens que ela proporciona para os estudantes. Confira!

Flexibilidade nos estudos

A primeira vantagem, sem dúvidas, é a flexibilidade nos estudos. Ou seja, você não precisa seguir um ritmo de leituras, revisões e atividades acadêmicas imposto por outras pessoas.

Ao contrário, você tem liberdade para organizar seu cronograma de acompanhamento das aulas, aprofundamento nos conteúdos e preparação para as avaliações. E o melhor: de acordo com os dias e horários que se encaixam no seu cotidiano.

Otimização do tempo

Você também tem a otimização do tempo quando não há a necessidade de reservar uma parte do dia para ir à faculdade e permanecer nela durante um ou mais turnos.

Com isso, torna-se mais fácil manter e conciliar diferentes afazeres, como: formação, faculdade, questões familiares, trabalho, voluntariado, assuntos domésticos etc.

Cursos mais acessíveis financeiramente

Outro benefício da faculdade a distância é que essa modalidade tem mensalidades bem mais acessíveis justamente por contar com aulas virtuais.

Ou seja, a instituição de ensino não precisa providenciar os mesmos recursos de infraestrutura física e capital humano para realizá-las como ocorre no formato presencial.

Desenvolvimento de habilidades remotas

Por fim, a faculdade EAD vale a pena porque habitua a diferentes recursos tecnológicos, como softwares, sites, aplicativos, plataformas e por aí vai. Tudo isso contribui para que você desenvolva habilidades de informática e se acostume a utilizá-las em diferentes contextos.

Com isso, você se familiariza com ferramentas para videochamadas, estações virtuais de trabalho e apresentações remotas, por exemplo.

Qual o panorama do EAD no Brasil?

O relatório do censo de educação de 2019, produzido pelo Ministério da Educação (MEC) dá o resultado (e ele é bem revelador!).

Isso porque aumentou muito a procura de brasileiros pelo EAD e as vantagens que ele proporciona para quem quer se qualificar profissionalmente.

Prova disso é que em 2019 houve 3.625.915 matrículas no ensino superior. Do total, praticamente metade foi no ensino a distância. Isto é, 1.592.184 (ou 43,8%).

Portanto, já é um fato: o mercado está e será formado cada vez mais por profissionais que têm uma formação EAD e, consequentemente, uma vivência mais tecnológica.

O que o mercado de trabalho procura e precisa de um profissional? 

Quando se pensa no que o mercado de trabalho busca, muita gente é taxativa: pessoas com experiência são mais procuradas. Afinal, esse é um requisito bastante recorrente em muitas seleções de emprego, não é mesmo?

Mas essa é só uma das características que ajudam na busca por um emprego. As empresas procuram profissionais que se destacam principalmente por um conjunto de características, aptidões e competências.

Aspectos que aumentam o desempenho deles e trazem mais resultados positivos para as organizações. Portanto, os estudantes de hoje devem conhecer esses requisitos de antemão para se capacitarem e estarem preparados para atender as expectativas. A seguir, mostramos quais são eles. Veja!

Habilidades sociocomportamentais

Para além do conhecimento da profissão, as organizações querem contar com um quadro de pessoas que tenham habilidades sociocomportamentais.

Entre elas, podemos citar a resiliência, a boa oratória, a empatia e a liderança. Ou seja, características que auxiliam a lidar com as metas do trabalho, a se integrar à equipe, a se adaptar a diferentes desafios do setor etc.

Interação com a tecnologia

O convívio com a tecnologia também é destaque no mercado. Isso porque, além da prestação virtual de diferentes serviços, muitas empresas vêm adotando jornadas de trabalho híbridas: ora presencial, ora remota.

Portanto, torna-se fundamental para as organizações que os funcionários estejam preparados para fazer uso de diferentes recursos tecnológicos.

A boa notícia é que para quem faz uma faculdade EAD isso não será nenhum problema, já que você vai se habituar a essa realidade durante o curso mesmo.

Competências teóricas/técnicas na área de atuação

Ter competências teóricas e técnicas também é bastante requisitado. Afinal, não basta conhecer ou ter familiaridade com o assunto. Você precisa ter as qualificações para lidar com determinadas demandas e assumir a responsabilidade por elas.

Para tanto, somente a graduação e a pós-graduação vão lhe preparar profissionalmente para se especializar numa área de atuação.

Domínio de outros idiomas

Além do que foi falado, o mercado busca por profissionais que dominem outros idiomas. Ser bilíngue, trilíngue ou mesmo poliglota permite que o colaborador:

  • Assuma projetos internacionais, fechando parcerias e acordos no exterior;
  • utilize equipamentos ou recursos tecnológicos que não estão em português;
  • recepcione e oriente profissionais convidados de outras nacionalidades;
  • represente a empresa em eventos estrangeiros.

O diploma de graduação a distância é reconhecido no mercado?

Essa é uma das dúvidas mais recorrentes sobre esse assunto. Por isso, vamos direto à resposta: sim, ele é reconhecido tanto quanto os diplomas de graduação presencial.

O que explica isso é o fato de que o Ministério da Educação (MEC) não confere distinção de valor ou importância entre as modalidades de ensino.

Nas Diretrizes e Bases da Educação Nacional, estabelecidas pela lei nº 9.394/96, o próprio órgão se compromete a promover o ensino a distância tanto na educação básica quanto na educação superior.

Já no decreto nº 9.057/17, o MEC define uma série de requisitos que devem ser atendidos para autorizar as instituições a oferecerem cursos EAD.

Eles envolvem, entre outas coisas: infraestrutura, sistemas tecnológicos, corpo docente, atividades educacionais, carga horária das formações etc. Isso sem falar nos índices de avaliação aos quais o Ministério da Educação submete todas as faculdades do país. São eles:

  • Conceito Preliminar de Curso (CPC)
  • Índice Geral de Cursos (IGC);
  • Conceito Institucional (CI) e/ou Conceito Institucional EAD (CI-EAD);
  • Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade).

Portanto, o mercado de trabalho já está mais do que ciente que os dois formatos de graduação são regulados e fiscalizados continuamente no mesmo nível. Tudo isso para garantir a qualidade da qualificação acadêmica disponível no país.

Logo, não há motivos para fazer distinção. Algo que fica ainda mais evidente com a adesão a essa modalidade em todo o território nacional, como mostramos no primeiro tópico.

Por que a graduação pode ajudar no seu futuro profissional? 

Ainda se questiona como a graduação impacta o futuro profissional de alguém? Então, entenda como isso acontece na prática. Beneficiando a inserção, a permanência e, em especial, o crescimento do profissional no mercado.

Possibilidade de assumir trabalhos em campos mais restritos

Uma graduação dá acesso às profissões que são mais restritas, pois exigem formação de nível superior para registro nos órgãos competentes das categorias. É o caso de administração, ciências contábeis, engenharia civil, educação física, engenharia da computação, entre outras.

Ou seja, ela abre as portas para que você possa ter diferentes atuações. Isso sem mencionar o maior reconhecimento profissional ao exercer atividades mais complexas e de grande peso socioeconômico.

Aumento do alcance financeiro

Com o diploma da graduação também vem o aumento do seu alcance financeiro. A razão é bem simples: ao se profissionalizar para cargos mais bem remuneradas, você assume empregos que pagam bem e que, consequentemente, geram mais independência, estabilidade de renda e qualidade de vida.

Abertura para networking

Outro ponto crucial da graduação é que ela proporciona a abertura para um networking contínuo. Lembrando que ele pode ser realizado não só antes, durante e depois das aulas e dos eventos acadêmicos, mas também nos estágios e em atividades externas do curso.

Essa rede de contatos é excelente, pois gera oportunidades profissionais, indicações na sua área de atuação e ainda facilita a mudança de ramo. Algo que pode ocorrer, por exemplo, quando você faz faculdade depois dos 40.

Como escolher uma boa faculdade EAD?

Agora que você já sabe que faculdade EAD vale a pena, reunimos algumas das principais sugestões para escolher uma boa instituição.

Elas serão úteis bastante úteis não só para você saber mais sobre a infraestrutura e as vantagens do local, como também vão servir para checar como é a qualidade dos cursos oferecidos e o que pode esperar durante sua formação. Vamos às dicas!

Pesquise pelo histórico da faculdade

Antes de mais nada, pesquise pelo histórico da faculdade para saber se ela é reconhecida no ramo da educação. Informe-se sobre a fundação dela e o status do credenciamento dessa instituição no MEC. Assim como as notas que ela tem na avaliação do órgão.

Pesquise também sobre o corpo docente e as iniciativas pioneiras de lançamento de cursos no país. A Anhembi Morumbi, por exemplo, tem mais de 50 anos de tradição.

Além disso, verifique se ela é destaque em inovação quando se trata de cursos com grande potencial no mercado. A Anhembi se sobressai nesse ponto em cursos como: Gestão de Turismo, Gastronomia e Aviação Civil. Afinal, a instituição virou referência ao longo dos anos nessas formações pela qualidade de ensino.

Verifique a diversidade de cursos

A diversidade de cursos que a instituição oferece também é importante. O ideal é que haja uma grande variedade não só de graduações, mas também de pós-graduações. Dessa forma, você tem a possibilidade de estudar diferentes campos do conhecimento. E o principal: após se formar, também pode se especializar em vários segmentos profissionais.

Confira quais são os diferenciais oferecidos para o seu aprendizado virtual

Na graduação EAD, as aulas são ofertadas pelo Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA). Por isso, é importante que você saiba quais são as ferramentas disponíveis nesse espaço. Na Anhembi Morumbi, além das aulas, estão disponíveis atividades e fóruns nos quais os alunos participam ativamente.

Tudo isso para que você tenha uma experiência de aprendizado mais diversificada, multidisciplinar e interativa com colegas e professores/tutores.

Veja que cidades/estados têm polos da instituição

Outro ponto importante é ficar por dentro de quantos polos de educação a faculdade tem e onde eles se encontram. Quanto maior foi o número e mais espalhadas pelo país forem as unidades, melhor.

Há dois motivos para isso. O primeiro é que existam mais polos na sua cidade, permitindo que você escolha aquele mais próximo do local em que você mora.

Isso vai facilitar (e muito) a locomoção até ele quando for preciso. O segundo ponto é que, ao marcar presença em outros municípios ou estados, isso abre uma possibilidade para você continuar normalmente as demandas do curso caso mude de endereço.

Afinal, muita gente acaba tendo que morar em diferentes locais por questões profissionais, familiares, pessoais etc. A Anhembi Morumbi conta com mais 300 polos presentes nas cinco regiões do território nacional.

Converse com quem já é (ou foi) aluno da faculdade

Conhece alguém que está tendo (ou já teve) a experiência de ser aluno na faculdade em que você planeja estudar? Então, aproveite e converse com essa(s) pessoa(s). Isso porque outros universitários vão poder tirar as dúvidas. Por exemplo:

  • Como é o processo seletivo da instituição de ensino?
  • como é a adaptação à educação digital?
  • como é a experiência de uso e aproveitamento do ambiente virtual de aprendizagem?
  • como é a relação com os professores, tutores e colegas de turma no EAD?
  • como é o suporte que a faculdade dá ao aluno no decorrer do curso?
  • como é a rotina de aulas e atividades acadêmicas promovidas nas disciplinas?

E então, respondida a dúvida se faculdade EAD vale a pena? Pois lembre-se do que falamos ao longo do post: invista em uma instituição de ensino que não só tenha renome e infraestrutura de ponta, mas que também seja engajada com o desenvolvimento da carreira dos alunos. Esse é o caso da Anhembi Morumbi.

Afinal, ela é reconhecida como uma das 35 melhores universidades do Brasil, entre públicas e privadas, pelas próprias organizações do mercado, quando o assunto é capacitação profissional. Os dados são da edição de 2019 do Ranking Universitário Folha.

Não é à toa que trazemos diferenciais no ambiente virtual de aprendizagem, contamos com múltiplos cursos de graduação e pós-graduação e estamos presente em todo o país.

Animou-se com tudo o que falamos? Então, não perca tempo e saiba por que você deve começar a sua faculdade agora!

Compartilhe!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Receba conteúdos exclusivos diretamente no seu e-mail!

Diga o que está em sua mente

Seu endereço de e-mail não será publicado.