Conheça os tipos de administração e escolha sua carreira

Conheça os tipos de administração e escolha sua carreira

Engana-se quem pensa que ao se formar como administrador de empresa a pessoa lidará apenas com números e papeladas burocráticas. Esta área é um campo vasto, já que existem vários tipos de administração, tanto para quem gosta de exatas como de humanas.

A Administração é uma das carreiras mais procuradas no Brasil. De acordo com o CFA (Conselho Federal de Administração), no país, existem mais de 4 milhões de profissionais e 1,3 milhão de estudantes. Agora, se com estes números você acha que o mercado está saturado, está errado, porque a versatilidade da área é enorme e ela traz inúmeras possibilidades de trabalho.

Siga conosco neste post, pois aqui vamos mostrar alguns tipos de administração de empresas em que o profissional formado poderá seguir. Confira!

Quais os tipos de administração?

Em primeiro lugar, o profissional que busca este mercado precisa fazer um curso de Administração. Após concluir o bacharelado, por exemplo, ele poderá se especializar em qualquer um dos tipos de administração. Além da graduação, ainda existem os cursos técnicos.

Durante o curso, o estudante terá uma formação ampla para trabalhar na gestão de negócios em vários setores. Com isso, profissionais de diversos perfis conseguem se encaixar em alguma área, quer ver exemplos?

Se você é bom com números e contas, não terá dificuldades em seguir carreira no setor de finanças ou contabilidade. Entretanto, se a sua paixão é lidar com pessoas, poderá atuar no marketing, vendas ou no relacionamento com o cliente.

Por isso, se você é estudante de Administração e ainda está em dúvidas de qual área seguir, não se preocupe! Continue a leitura e descubra os principais tipos de administração, conhecendo mais o objetivo de cada um e o que o administrador faz.

Administração estratégica

Toda empresa que quer crescer precisa de uma estratégia e essa é uma das funções do profissional nesta área. Isso porque, ele se concentra no desenvolvimento e implementação de táticas de longo prazo para atingir os objetivos da organização.

Isso envolve vários fatores, como avaliar o ambiente, tanto interno quanto externo, fazer a análise de mercado e identificar as oportunidades e ameaças. Depois disso, o profissional deve definir as metas e indicadores, além de alocar os recursos necessários para a estratégia funcionar.

Com ela em ação, o objetivo é monitorar os resultados para, caso necessário, mudar de direção para o crescimento da empresa. Um profissional de administração estratégica desempenha um papel vital na orientação das decisões e ações da organização, garantindo que ela esteja alinhada com seu propósito.

Marketing

Assim como existem tipos de administração, também temos variedades no Marketing. O administrador nesta área consegue promover, posicionar e vender produtos ou serviços. A missão dele é criar estratégias para atrair e conquistar clientes, além de preservar a imagem da marca.

Assim, o profissional vai atuar desde a pesquisa de mercado, analisando a preferência do público e definindo o posicionamento da empresa. Além disso, trabalhará na criação de produtos, estratégias de preços e nas campanhas de marketing de todo o material.

Hoje, o marketing digital é essencial para muitas empresas e o administrador tem um vasto campo dentro dessa área. Desse modo, ele terá oportunidade de atuar na área de humanas, com mídias sociais ou marketing de conteúdo, textos para blog, tráfego pago. Mas se preferir as exatas, pode ser um analista de tráfego, de métricas e muito mais.

Finanças

O administrador na área de finanças de uma empresa poderá atuar na gestão dos recursos financeiros, garantindo a saúde de caixa e a tomada de decisões estratégicas. Dessa maneira, ele elabora planos orçamentários de curto e longo prazo, estabelecendo metas e prevendo receitas, despesas e fluxos de caixa.

Na análise estratégica, o profissional avaliará investimentos em projetos e em oportunidades de negócios. Isso inclui também a gestão de fluxo de caixa, monitorando a entrada e a saída de dinheiro para garantir a liquidez.

Outra área dentro das finanças é a Contabilidade, onde o profissional vai garantir a precisão dos registros contábeis e preparar demonstrações financeiras. Além disso, deve determinar que a empresa esteja em conformidade com as dívidas fiscais e identificar estratégias para minimizar os encargos tributários.

Gestão de pessoas

Gerir pessoas dentro de uma empresa tem duas vertentes principais, a contratação de funcionários e o desenvolvimento deles na organização. Por isso, o profissional da área de administração poderá trabalhar:

  • no recrutamento e seleção;
  • no treinamento e desenvolvimento;
  • na avaliação de desempenho;
  • na gestão de carreira;
  • na administração de benefícios;
  • nas relações trabalhistas;
  • na administração de folha de pagamento.

Assim, o profissional vai construir e manter uma equipe que contribuirá para o sucesso da organização por meio do desenvolvimento humano.

Vendas

Esta é uma das áreas da Administração mais vitais dentro de uma empresa, já que é a equipe responsável por trazer cliente e dinheiro para a organização. Um administrador/vendedor é responsável por desenvolver estratégias para alcançar metas de vendas e garantir que as receitas estejam alinhadas com os objetivos da empresa.

A missão dele é prospectar clientes, elaborar negociações, fechamento de vendas e analisar o mercado. Além disso, ele poderá atuar ao lado da equipe de marketing, desenvolvendo canais de distribuição eficazes para alcançar o público-alvo.

Enfim, o objetivo é a gestão da equipe de vendas, analisar dados e gerir as campanhas.

Relacionamento com o cliente

Junto ao time de vendas, o profissional também tem a chance de atuar na área de relacionamento com o cliente. Seu principal papel é na manutenção de relações positivas e duradouras entre a organização e seu público.

Para tanto, ele deve garantir um atendimento de qualidade, compreender as necessidades dos clientes e assegurar que suas experiências sejam positivas em todos os pontos. Para isso, o administrador fornece suporte ao cliente pelos meios de comunicação, como telefone, chat, WhatsApp para esclarecer dúvidas e resolver problemas.

Assim, ele adapta o atendimento de acordo com as preferências e necessidades individuais de cada cliente, criando uma experiência mais personalizada. Tudo isso para ter uma boa retenção de clientes, oferecendo incentivos, programas de fidelidade e outras iniciativas.

Logística

Este é um setor que tem muito a crescer ainda no Brasil e isso o torna muito procurado. Nesse tipo de administração, o profissional trabalha nos processos relacionados ao fluxo de materiais, produtos e informações dentro da organização.

Nesse sentido, eles precisam garantir, por exemplo, que a cadeia de suprimentos funcione de maneira suave, desde a aquisição de matérias-primas até a entrega final aos clientes. Dessa maneira, o administrador tem vários caminhos para atuar, como na gestão de estoque, de transporte, de armazenamento e distribuição.

Além disso, ele prevê a demanda futura de produtos para garantir estoque adequado e o controle de qualidade do produto ou serviço. Por fim, também negocia com fornecedores, analisa os custos na cadeia de produção e busca tornar os processos mais eficientes.

Uma boa área nesse sentido é em empresas de e-commerce, que devem movimentar até o fim de 2023 mais de R$ 180 bilhões em vendas. Logo, o administrador pode atuar na logística da empresa, na distribuição da mercadoria.

Consultoria

O administrador também se torna um consultor de empresas, fornecendo orientações, soluções e insights para que elas busquem melhorar seus processos, estratégias e desempenho.

Nesse caso, não é necessário ser funcionário de uma companhia, mas sim trabalhar de forma independente ou como parte de uma empresa de consultoria. O principal objetivo é auxiliar as marcas a identificar problemas, desenvolver planos de ação e implementar mudanças para alcançar resultados positivos.

Em sua trajetória, o profissional atua no diagnóstico da situação, no desenvolvimento de soluções, na elaboração de estratégias, entre outros. Depois disso, ele poderá colocar as mudanças em prática e analisar os resultados que virão. Para isso, ele sugere o treinamento e a capacitação de funcionários, além da compra de equipamentos.

Tecnologia

As duas áreas até parecem distintas, mas juntas são supereficientes para uma empresa que busca o crescimento. Um administrador dentro da TI (Tecnologia da Informação) vai garantir a gestão efetiva, estratégica e alinhada com os objetivos relacionados a TI e aos sistemas de informação.

Assim, trabalham para gerir os projetos de TI, liderando a execução, além de definir as estratégias para fazer a transformação digital da empresa. Além disso, poderá estabelecer políticas e diretrizes para o uso responsável e eficaz dos recursos de TI, garantindo a conformidade.

Os ataques cibernéticos crescem a cada ano e é de responsabilidade do administrador, junto a TI, garantir a proteção dos dados e informações da empresa, implementando medidas de segurança e prevenção.

Em resumo, o profissional atua na gestão estratégica e operacional dos recursos tecnológicos, contribuindo para a eficiência, competitividade e inovação da empresa.

Quais tipos de administração escolher?

Aqui, mostramos tipos de administração e o que cada profissional tem de fazer no seu dia a dia, além dos desafios e habilidades. Trata-se de uma área com várias possibilidades, por isso, é fundamental buscar informações sobre os cursos e carreira que pretende seguir antes de tomar a decisão em relação à faculdade.

A Anhembi Morumbi tem um curso de Administração que ajudará você a conquistar suas ambições na carreira e fazer com que tenha o sucesso profissional que sonha. Confira mais sobre o nosso curso e o que vai aprender nele para se tornar um administrador.

Compartilhe!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Receba conteúdos exclusivos diretamente no seu e-mail!

Diga o que está em sua mente

Seu endereço de e-mail não será publicado.