profissional de educação física

Profissional de Educação Física: como está o mercado de trabalho

Já parou para se perguntar o que faz um profissional de Educação Física? À primeira vista, muitas pessoas imaginam apenas áreas de atuação relacionadas às academias ou aulas de ensino básico. No entanto, essa profissão é muito mais ampla.

A importância desse profissional envolve até os cuidados com a saúde, seja na prevenção ou recuperação. Sendo assim, as oportunidades de trabalho para quem tem o diploma na área podem ser bastante diversas.

Neste post, vamos falar mais sobre como está o mercado de trabalho para educadores físicos e mostrar como construir uma carreira de sucesso, com independência financeira e muitas oportunidades de emprego. Acompanhe!

O que faz o profissional de Educação Física?

Essa é a função que se responsabiliza pelos cuidados com a saúde e o bem-estar por meio da prática de exercícios físicos. Sendo assim, o educador físico se encarrega pela orientação, acompanhamento e suporte para a realização das mais variadas atividades que colocam o corpo em movimento.

Em outras palavras, o profissional de Educação Física tem um papel fundamental na promoção da qualidade de vida das pessoas e pode contribuir positivamente para a gestão de bem-estar. 

Quais são as áreas de atuação?

Tendo em vista que existem diversos ambientes em que uma pessoa pode se movimentar, tanto como esporte quanto como cuidados com a saúde, há também várias áreas para um educador físico. A seguir, confira alguns exemplos!

Academia

A presença de instrutores nesses estabelecimentos é fundamental para garantir a execução correta dos movimentos, elaborar os treinos de acordo com os objetivos dos alunos e oferecer o suporte necessário para a realização das atividades.

O Brasil ocupa o segundo lugar entre os países com o maior número de academias do mundo, ultrapassando a faixa de 35 mil, de acordo com os dados da International Health, Racquet & Sportsclub Association (IHRSA). Esse é um indicativo que mostra a importância do profissional de Educação Física nesses espaços. 

Trabalhar nesses locais também é uma vantagem para quem deseja ter mais flexibilidade de horários, normalmente, sendo possível escolher um turno para atuar. A faixa salarial para um professor de Educação Física vai de mil reais a R$ 6 mil, de acordo com dados do site Glassdoor.

Ensino

Falando nisso, as instituições de ensino também são ambientes de trabalho clássicos de um educador físico. No entanto, nesse caso, o espaço é dedicado para quem tem licenciatura. 

O professor de Educação Física deve fazer o planejamento das atividades pedagógicas, realizar avaliações e acompanhar o desempenho de cada aluno nas turmas. Na maioria das vezes, as práticas esportivas são as mais aplicadas durante as aulas na educação básica.

Reabilitação

Há também os educadores físicos que trabalham na área da Saúde, ao lado de fisioterapeutas, por exemplo. Atuando para ajudar na reabilitação física de pessoas que passaram por lesões ou algum problema que afetou a motricidade.

Nesse caso, o profissional de Educação Física atua em clínicas especializadas em reabilitação física ou hospitais. O salário vai depender da quantidade de horas trabalhadas, do número de pacientes, região e do local de trabalho.

Desse modo, é complicado estimar uma faixa salarial para quem segue essa área. Um preparador físico, por exemplo, pode receber de mil 9 mil reais, conforme as estimativas do Glassdoor.

Empreendedorismo

Quem tem afinidade com o mundo dos negócios, mas gosta da área da Educação Física, pode unir os dois interesses ao abrir uma empresa. Academias, serviços de consultoria, espaços de lazer e centros de ginástica são ótimos exemplos de onde aplicar ideias de empreendedorismo voltado para o estímulo à prática de exercícios físicos.

De acordo com a Tecnofit, uma academia de médio porte é capaz de gerar o faturamento de aproximadamente R$ 45 mil por mês. Além disso, com uma boa gestão, o retorno sobre os investimentos pode vir entre 12 e 18 meses. 

Nesse caso, contar com um bom planejamento de negócios faz toda a diferença. Uma pós-graduação na área de Administração, por exemplo, pode ajudar a aprender os principais pontos de empreendedorismo e lançar uma ideia inovadora ao mercado. 

Como está o mercado de trabalho?

Diante de tantas opções de atuação para um profissional de Educação Física, é possível observar como o mercado de trabalho é favorável à profissão. Para se destacar, é claro, é preciso apresentar alguns diferenciais, como:

  • formação profissional — faculdades com metodologias de ensino modernas e infraestrutura de qualidade são as melhores para investir em um curso e ter destaque no mercado;
  • habilidades técnicas;
  • soft skills — competências comportamentais, como comunicação, liderança, criatividade, inteligência emocional, entre outras, agregam valor à atuação na carreira e ao desenvolvimento pessoal;
  • flexibilidade profissional — a capacidade de atuar em diferentes ambientes expande as possibilidades de trabalho;
  • foco em saúde e bem-estar.

Como ter sucesso sendo educador físico?

Para ter uma carreira promissora em Educação Física, independentemente da área de atuação, é preciso fazer um bom gerenciamento da vida profissional. Investir em alguns cuidados a favor do próprio desenvolvimento é uma iniciativa que todo mundo deveria ter para conquistar melhores resultados ao longo da trajetória na profissão. 

No geral, a melhor dica para ter sucesso sendo um profissional da Educação Física é saber identificar e aproveitar as oportunidades. Para isso, vale a pena dar alguns passos, como os que citamos a seguir! 

Mantenha os conhecimentos atualizados

Para começar, é interessante observar que a área de Educação Física é bastante estudada e conta com diversas produções científicas em andamento. Sendo assim, é importante acompanhar as novidades para se tornar um profissional apto para se adaptar às mudanças do mercado e aplicar práticas inovadoras.

Tenha um plano de carreira

Independentemente da profissão que você pensa em seguir, ter um planejamento vai fazer toda a diferença, tendo em vista que ajuda a saber onde deseja chegar. Por isso, se o objetivo é ter sucesso como educador físico, não deixe de montar um plano detalhado, considerando as diversas alternativas profissionais.

Faça contatos

O famoso networking também é importante para quem deseja trabalhar com Educação Física. Seja para conseguir alunos ao atuar por conta própria, ou para ter recomendação profissional ao se candidatar a uma vaga de emprego; os contatos realizados ao longo da carreira se mostram indispensáveis.

Especialize-se

Outro ponto relevante de se destacar é a possibilidade de fazer uma pós-graduação para atuar com algum nicho específico. Por exemplo, quem tem interesse em trabalhar com reabilitação pode procurar por especializações relacionadas à área da Saúde para ter mais oportunidades de emprego e conhecimentos para auxiliar no tratamento dos pacientes.

Como visto, existem diversas áreas de atuação para quem deseja ser um profissional de Educação Física. Um mercado de trabalho aquecido como esse traz benefícios para construir um plano de carreira de sucesso. Por isso, prepare-se da melhor maneira para atingir todos os objetivos.

Se você tem afinidade com a área, que tal saber mais sobre a graduação? A Anhembi oferece os cursos de licenciatura e bacharelado em Educação Física!

Compartilhe!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Receba conteúdos exclusivos diretamente no seu e-mail!

Diga o que está em sua mente

Seu endereço de e-mail não será publicado.