profissão designer

Profissão designer: conheça as possibilidades desse mercado

Na hora de decidir qual carreira ou especialização seguir, é fundamental buscar pelo máximo de informações possíveis, não é mesmo? Uma das opções que têm se tornado mais demandadas nos últimos anos é a profissão de designer. Com o fortalecimento do cenário digital, a busca por profissionais dentro desse segmento é cada vez maior, mas você sabe quais são as possibilidades nesse mercado?

Afinal, um designer pode seguir por diferentes caminhos em sua carreira, a partir de uma especialização, por exemplo. Você pode atuar na produção de logo e marcas para empresas ou ajudar no desenvolvimento de games.

As possibilidades de atuação são múltiplas, o que a torna uma carreira muito atrativa. O primeiro passo para saber se deve ou não seguir por essa área é entender mais sobre o mercado em geral.

O que acha, então, de conferir um panorama sobre tudo o que envolve a profissão de designer? Continue a leitura deste artigo e tire todas as suas dúvidas!

O que faz um profissional do design?

Quem decide seguir na profissão de designer vai trabalhar com o planejamento de formas, aparências e funcionamento de um produto, marca, site ou, até mesmo, um móvel. O profissional vai utilizar seus conhecimentos para ajudar a construir experiências visuais, audiovisuais ou táteis nos mais diferentes campos de atuação no mercado.

Quais são as possibilidades de especialização na área de design?

Com as especializações, a profissão de designer se torna ainda mais ampla, com uma série de segmentos que podem ser explorados pelo profissional. Que tal conhecer mais sobre algumas das opções? Confira!

Design de Animação

Você sabia que o mercado de filmes de animação movimenta mais de 4 bilhões de reais por ano? Esse é apenas um exemplo de atuação e oportunidade que o profissional que decidir se especializar em Design de Animação pode aproveitar.

No curso, o aluno aprende a construir projetos de animação que podem ser utilizados em games, clipes musicais ou, até mesmo, campanhas publicitárias. A especialização também contribui para o desenvolvimento de outras habilidades que podem ser importantes ao longo da carreira, como criação de roteiros e construção de um filme quadro a quadro.

Design de Games

O mercado de jogos virtuais e games é um dos que mais crescem em todo mundo, com a expectativa de movimentar mais de 200 bilhões de dólares até 2023, de acordo com dados da consultoria Super Data. Parte fundamental para que esse segmento cresça é o papel desenvolvimento por designers, que vão ajudar no desenvolvimento de maquetes digitais, personagens e cenários.

Mais do que isso, o profissional também participa da escolha das tecnologias utilizadas para a construção daquele ambiente, assim como no desenvolvimento do que vai ser exibido ao usuário que estiver jogando. Com a especialização nessa área, o designer pode trabalhar não apenas com games, mas também, com animação e programação ou design de interfaces digitais.

Design Gráfico

Especialmente com a consolidação do Marketing Digital, mais empresas estão buscando alternativas para criar comunicações mais eficientes com as suas respectivas audiências. Conteúdos visuais e audiovisuais têm se tornado ferramentas importantes para esse contato, o que pode ser aperfeiçoado com um curso de especialização em Design Gráfico.

O profissional que seguir por esse caminho vai se capacitar para aprender a criar projetos e produtos online e offline, formatando materiais visuais como logos, panfletos, outdoors ou sites. Além disso, o designer gráfico também pode atuar em agências de evento, ajudando a construir marcas, conceitos e variadas peças de comunicação para eventos corporativos, por exemplo.

Design de Interiores

A busca pelo melhor aproveitamento de espaços e ambientes aquece o mercado e as oportunidades para quem se especializa em Design de Interiores. Com uma proximidade com conceitos da arquitetura, os profissionais que seguirem por esse caminho vão poder atuar na criação de projetos para ambientes internos, como a reforma de um apartamento ou o palco de um evento corporativo.

Juntando teoria e prática, o designer entende como certos conceitos podem ser aplicados nos ambientes e, a partir disso, passa a construir projetos com o uso de ferramentas e softwares mais inovadores. Da escolha das cores ao posicionamento dos móveis e a estrutura ao redor, tudo passa a fazer parte da profissão de designer de interiores.

Design de Produto

Com a competição cada vez mais acirrada para proporcionar uma experiência positiva ao consumidor, as empresas precisam encontrar diferentes formas de enriquecer suas ofertas de valor. Um dos caminhos é a partir da inovação dos seus produtos.

Cabe ao designer de produto, então, criar e contribuir com o desenvolvimento de móveis, máquinas, carros, embalagens e, até mesmo, objetivos industriais. A ideia é utilizar técnicas e conceitos do design para aplicar, por exemplo, na criação e lançamento de um produto. Tudo é feito a partir de pesquisas sobre o mercado e o comportamento do consumidor em questão.

Qual é a média salarial de um designer no Brasil?

Atuar na profissão de designer pode significar um trabalho em diferentes áreas e segmentos do mercado e, por isso, é natural também que os salários sejam um pouco diferentes para cada especialidade. Afinal, o valor pago é diretamente relacionado à demanda desse segmento específico.

Um designer de games em uma empresa média com um cargo sênior, por exemplo, ganha, em média, R$2.496,21 mensais. A média salarial não é muito diferente para um designer de interiores, com um valor mensal de R$2.574,00.

Enquanto isso, um designer gráfico tem um salário médio, no Brasil, de R$2.156,00. Todos esses valores representam médias, ou seja, podem variar bastante de acordo com a cidade, a empresa, a instituição de ensino e, até mesmo, a qualidade do trabalho.

Independentemente do segmento escolhido dentro da profissão de designer, quem optar por esse segmento deve ter a criatividade e a inovação como marcas no seu comportamento. Afinal, estamos falando de uma área com muitas mudanças e novidades, o que exige um acompanhamento de tendências e conceitos, sempre em busca de atualizar o seu conhecimento e fazer mais dentro das suas funções.

Agora que você já sabe mais sobre as possibilidades para quem decide seguir a profissão de designer, o que acha de entender melhor os benefícios de fazer uma faculdade? Confira o nosso artigo sobre o assunto!

Saiba por que você deve começar sua faculdade agora

Compartilhe!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Receba conteúdos exclusivos diretamente no seu e-mail!

Diga o que está em sua mente

Seu endereço de e-mail não será publicado.