curso de administração

Curso de Administração: guia essencial com tudo o que você precisa saber

Muitas pessoas se habituaram a ouvir a palavra “administração”, mas nem sempre pensam em como essa prática é, de fato, realizada. Os interessados em se aprofundar nos métodos e processos que ajudam empresas a reduzir custos e potencializar ganhos podem se profissionalizar com o curso de Administração.

Com o título de bacharel, um administrador pode conquistar emprego em praticamente todas as áreas de atuação. Isso inclui até ocupações que não estão diretamente ligadas ao empreendedorismo, como departamentos administrativos de hospitais e instituições de ensino.

Se você tem interesse em entrar nessa graduação, aqui está um guia completo sobre como é o curso de Administração e como funciona o mercado de trabalho para os recém-formados. Continue a leitura!

Como funciona a graduação?

O curso de Bacharelado em Administração tem o objetivo de qualificar profissionais com visão abrangente e capacidade técnica de atuação corporativa. Após a formação, os formados estão aptos a trabalhar em diversos setores na posição de administrador ou em funções de liderança similares.

Se você quer saber quanto tempo dura o curso de Administração, é importante considerar que isso depende de alguns fatores, como o ritmo em que se leva a graduação e o que é proposto pela instituição de ensino. Em geral, o tempo estimado é de quatro ou cinco anos.

Na Anhembi Morumbi, por exemplo, o curso de Administração tem quatro anos (oito semestres). A graduação se divide em dois ciclos:

  1. ciclo básico: contém disciplinas da grade curricular focadas no conhecimento teórico e no desenvolvimento de habilidades mais relativas ao saber;
  2. ciclo profissional: envolve disciplinas e práticas voltadas à análise crítica da futura área de atuação e à tomada de decisões na rotina de trabalho, permitindo que os estudantes de Administração desenvolvam habilidades mais relacionadas ao agir.

O curso da Anhembi Morumbi oferece aos futuros administradores uma formação ampla e integrada com o mercado de trabalho. Dessa forma, os profissionais serão capazes de planejar, organizar, coordenar e gerenciar projetos e empresas de diferentes portes.

Como é a grade curricular?

Ao longo da graduação, os estudantes de Administração passam por disciplinas e tópicos variados, que contribuem para a formação de profissionais multifacetados. São estudados os fundamentos dos processos administrativos, da economia e do marketing, bem como diferentes tipos de gestão de projetos e pessoas.

Na Anhembi Morumbi, a grade curricular de Administração oferece as seguintes disciplinas:

  • Administração da Produção de Materiais;
  • Antropologia e Cultura Brasileira;
  • Comunicação Institucional;
  • Contabilidade Gerencial;
  • Criatividade, Gestão do Conhecimento e Inovação;
  • Desenvolvimento Humano e Social;
  • Direito Empresarial;
  • Empreendedorismo;
  • Estatística para Gestores;
  • Finanças de Longo Prazo;
  • Jogos Matemáticos;
  • Liderança, Cultura e Comportamento Organizacional;
  • Marketing de Serviços;
  • Matemática Financeira;
  • Metodologia Científica;
  • Metodologia de Custos e Formação de Preços;
  • Negociação e Vendas;
  • Operações e Logística;
  • Pesquisa de Mercado;
  • Planejamento e Gestão Estratégica;
  • Processos Decisórios;
  • Qualidade e Certificações;
  • Sistemas de Informação Gerenciais;
  • Teoria da Administração e das Organizações.

Os futuros administradores também têm acesso ao laboratório de empreendedorismo e gestão, no qual aprendem as bases para a criação de novos negócios, o diagnóstico organizacional e projetos de consultoria. Para obter o diploma, o estudante ainda precisa realizar um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

Quais são as formas de ingresso?

Existem caminhos diferentes para entrar na faculdade. Você precisa conhecer e avaliar as opções para, então, definir qual prefere ou qual a melhor para o seu caso. Confira as alternativas disponibilizadas para o curso de Administração da Anhembi Morumbi.

Vestibular tradicional

Essa é a forma mais conhecida de entrar em uma faculdade ou universidade. Tradicionalmente realizado de forma presencial, hoje, o vestibular também pode ser feito online.

Nota do Enem

Em muitas instituições de ensino, a pontuação obtida no Exame Nacional do Ensino Médio dispensa a necessidade de prestar vestibular. É o caso da Anhembi Morumbi, que aceita a nota do Enem para as vagas dos cursos.

Segunda graduação

Essa forma de ingresso está disponível para aqueles estudantes que já têm uma formação de nível superior e desejam obter um segundo diploma, em outra área.

Transferência

Essa é uma forma de ingresso que permite aos estudantes a possibilidade de mudar de curso ou instituição de ensino.

A transferência interna é mais comum entre alunos que já estão matriculados na faculdade e desejam mudar de graduação, seja por afinidade com outra área de estudo ou por dificuldades no curso atual.

Já a transferência externa é mais utilizada por estudantes que buscam mudar de instituição para ter acesso a melhores oportunidades acadêmicas ou profissionais.

Vestibular Simplificado

Essa é uma forma de ingresso exclusiva da Universidade Anhembi Morumbi. O processo do Vestibular Simplificado é baseado na criação de uma carta de apresentação por parte do estudante. A partir desse documento, é possível ingressar na Instituição de Ensino Superior sem precisar fazer o vestibular tradicional.

Quais as modalidades de ensino?

Na Anhembi Morumbi, você encontra o curso de Administração em quatro modalidades. Veja na lista logo abaixo.

  • presencial: formato mais tradicional do curso, em que o estudante precisa comparecer presencialmente às aulas realizadas na unidade da faculdade que escolheu no momento da matrícula;
  • semipresencial: modalidade de ensino híbrido, que mistura aspectos do presencial e do EAD. Uma parte do curso é realizada na plataforma online da faculdade, enquanto algumas atividades são realizadas presencialmente;
  • EAD: a modalidade de Ensino a Distância (EAD) permite que o estudante realize o curso de administração online do início ao fim. As aulas são gravadas e divididas em módulos;
  • Live: modalidade em que o estudante assiste às aulas ao vivo de forma online. A principal diferença em relação ao EAD é que o aluno desse formato pode interagir com colegas e tirar dúvidas com professores em tempo real.

Vale ressaltar que não há diferença de tópicos e conteúdos entre uma modalidade e outra. Os diplomas também são iguais e têm a mesma validade no mercado de trabalho.

ANHEMBI-5-Principios-da-administracao

Como funciona o curso de Administração EAD?

A modalidade de ensino a distância é uma ótima opção para quem não tem disponibilidade de tempo para se deslocar até a faculdade. No caso de quem opta por estudar Administração EAD, o curso segue os mesmo parâmetros da modalidade presencial, com aulas, atividades e apresentação de TCC. O diploma também tem a mesma validade.

O diferencial do formato é a possibilidade de o aluno organizar os horários para assistir às aulas e estudar quando e onde quiser. Ao se matricular no EAD, você também conta com o suporte dos tutores, conteúdos exclusivos e a possibilidade de voltar nas gravações para rever assuntos quantas vezes precisar.

Quais são as áreas de atuação?

Um profissional da Administração é quem garante que uma entidade opere com eficiência. No entanto, as funções específicas dependem do tipo de instituição em que o administrador escolhe trabalhar.

Ao concluir o curso de bacharelado, os formados adquirem uma formação generalista, ou seja, não têm uma ênfase específica. Isso abre um leque de opções para o graduado, que pode encontrar oportunidades em diversas áreas, tanto no setor público quanto no privado.

A seguir, você encontrará uma lista das principais ocupações para quem faz o curso de Administração. Confira e descubra qual delas tem mais a ver com seu perfil profissional!

Gestão financeira

Garantir que as despesas de uma empresa sejam pagas nos prazos corretos é uma das missões de quem trabalha com finanças. Esses profissionais também precisam planejar despesas fixas e variáveis, e avaliar os riscos de investimentos no curto ou longo prazo.

No cargo de gestor financeiro, você será o responsável pelo planejamento, pelo diagnóstico da situação econômica da empresa e pela análise dos rumos que ela precisa seguir. Aqueles que têm afinidade com operações numéricas, tabelas e gráficos normalmente se adaptam bem à rotina desse segmento.

Planejamento estratégico

É com base em dados que uma empresa pode identificar pontos fracos e melhorá-los, além de investir em pontos fortes. Essa é a principal missão de quem atua no planejamento estratégico de uma organização.

O administrador que trabalha nesse setor é responsável por integrar um time para a tomada das decisões importantes para os rumos financeiros da empresa. Esse profissional também precisa:

  • elaborar metas;
  • criar planos de ação para alcançá-las;
  • analisar riscos;
  • criar bancos de dados;
  • mapear e redesenhar processos.

Consultoria

Esse é um serviço que o administrador pode oferecer para diversas empresas que precisam de ajuda com burocracias e desafios orçamentários. Muitas organizações não contam com uma equipe administrativa e acabam por recorrer a profissionais terceirizados.

Um recém-formado em Administração até pode ser um consultor, mas as empresas que precisam desse serviço tendem a dar preferência para aqueles profissionais com anos de experiência na área. Ao longo da carreira, você pode dominar técnicas de gestão de negócios para atender, de forma personalizada, às demandas de todos os clientes.

Logística

Em grandes e médias empresas que vendem produtos, existe uma área que cuida de todas as etapas de estoque, do transporte e da distribuição dos itens. Essa área é a logística.

Um profissional formado em Administração pode contribuir com as necessidades desse setor, utilizando os sistemas de logística para coordenar as etapas que vão do estoque à distribuição, além de otimizar a produtividade das equipes.

Auditoria

Pessoas com forte senso analítico, capacidade de organização e atenção aos detalhes são bastante requisitadas no mercado de trabalho. No setor administrativo, profissionais com esse perfil podem ser ótimos auditores.

Essa função costuma ser exercida por equipes que têm como objetivo garantir que os departamentos realizem as atividades conforme as regras internas da empresa e as leis que regem o setor em que ela atua.

O auditor também precisa identificar problemas internos que impedem a empresa de alcançar metas de desempenho.

Gestão de marketing

As estratégias de captação e fidelização de clientes são cada vez mais necessárias em mercados competitivos. O administrador que opta por trabalhar com marketing é responsável por ajudar empresas a criar estratégias mais eficazes nesse sentido. Isso envolve ações como:

  • estudar o comportamento do público-alvo;
  • avaliar e alinhar as estratégias de marketing aos objetivos da empresa;
  • promover medidas para melhorar a posição e a visibilidade da organização no mercado.

Administração de RH

O departamento de Recursos Humanos de grandes empresas lida com um número extenso de funcionários. Diante dessa realidade, é comum que as organizações contratem administradores para facilitar a busca de registros e documentação.

Aqueles que trabalham com administração de RH ajudam os gerentes desse departamento em tarefas diárias, como o processamento de novas contratações, o gerenciamento de informações e o uso de bancos de dados.

Quais são as principais possibilidades de especialização?

Após o curso superior, há várias alternativas de pós-graduação e MBA para que o graduado em Administração se insira no mercado de trabalho como especialista. Veja algumas das opções oferecidas pela Anhembi Morumbi que são interessantes para a área:

  • Administração de Pessoal;
  • Gestão Comercial e Vendas;
  • Liderança de Alta Performance;
  • Empreendedorismo e Desenvolvimento de Novos Negócios;
  • Gestão Pública com Ênfase em Saúde;
  • Finanças e Banking;
  • Desenvolvimento e Sustentabilidade;
  • Gestão e Economia de Energia;
  • Gestão do Varejo;
  • Direito Administrativo.

Como está o mercado de trabalho?

As oportunidades para o administrador graduado costumam ser abundantes. O profissional generalista e recém-formado pode aplicar métodos e técnicas que aprendeu durante a faculdade em empresas de diversos setores e portes.

Não à toa, a profissão de administrador conta com boa média salarial no Brasil e uma progressão de carreira convidativa. Saiba mais a seguir!

Salário do formado

A remuneração média para o administrador no mercado de trabalho brasileiro é de R$ 4.472,41. Esse valor pode aumentar a depender da qualificação do profissional — por exemplo, se há uma pós-graduação — e do nível de experiência. O teto salarial para a profissão chega a R$ 10.473,97.

Os dados foram selecionados de um levantamento da plataforma Salario.com.br sobre o mercado de trabalho para o cargo de administrador.

Progressão de carreira

Por via de regra, um bom profissional tem a pretensão de evoluir na carreira e, muitas vezes, dentro da empresa em que trabalha. Confira os dados da plataforma Salario.com.br para a remuneração média de diferentes patamares da carreira:

  1. administrador júnior: R$ 4.637,70;
  2. administrador pleno: R$ 5.246,31;
  3. administrador sênior: R$ 6.302,02.

Qual é o perfil do aluno de Administração? 

Os estudantes que se preparam para trabalhar nessa área precisam de um conjunto de soft skills, que variam a depender das especificidades da atuação. Existem, no entanto, competências pertinentes a quase todos os direcionamentos de um administrador.

As habilidades essenciais para o perfil profissional na Administração são:

  • abertura para se comunicar com uma ampla gama de pessoas de maneiras diferentes e participar de dinâmicas de grupo;
  • adaptabilidade para atuar como o membro de uma equipe, em vez de ser um profissional solitário;
  • pensamento analítico, criativo e crítico, bem como um alto nível de atenção aos detalhes;
  • capacidade de propor soluções criativas para os problemas;
  • interesse em aprender sobre tecnologias aplicadas aos métodos organizacionais;
  • capacidade de construir relações sólidas e colaborativas com os colegas;
  • interesse em aprender operações básicas de matemática e como elas são aplicadas no mundo corporativo;
  • domínio de línguas estrangeiras, como inglês e espanhol, para abrir ainda mais portas de oportunidades de trabalho — inclusive em empresas fora do Brasil.

Esperamos que as informações deste guia ajudem você a definir se o curso de Administração é, de fato, a escolha certa. Vale ressaltar que a escolha instituição de ensino tem um grande peso no que se refere à qualidade do curso, e a Anhembi Morumbi está empenhada em oferecer educação de alto nível e todo o suporte necessário para o seu desenvolvimento.

Se você quer se tornar um profissional da área, conheça já o curso de Administração da UAM!

Compartilhe!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Receba conteúdos exclusivos diretamente no seu e-mail!

Diga o que está em sua mente

Seu endereço de e-mail não será publicado.